Física Pai d'égua
UNISC 2007

UNISC 2007

12 questões





1. (UNISC 2007) Considere um recipiente cilíndrico vazio, cujo volume externo total é VC = 2 x 10³ m³, suspenso por uma mola cuja constante de elasticidade é igual a 0,5 N/cm. O cilindro foi parcialmente imerso na água, até que a mola estivesse não deformada, conforme o indicado na figura abaixo. Nessa situação, o volume de fluido deslocado é 0,1 VC . Se, quando acrescentamos 800 g de água no interior do recipiente, o volume de fluido deslocado passa a ser 0,2 VC,podemos dizer que o peso do cilindro vazio e a elongação final da mola serão, respectivamente,
Obs.:Use a celeração da gravidade g= 10 m²/s, e a densidade da água igual a 1000 kg/m³.



a) 2 N e 12 cm
b) 2 N e 16cm.
c) 8 N e 16 cm.
d) 2 N e 8 cm.
e) 4 N e 8 cm.


2. (UNISC 2007) Considere dois tubos,A e B, feitos de vidro pirex e vidro comum, respectivamente, cujos coeficientes de dilatação linear se relacionam por αB = 9αA = 9 x 10-6 °C e estão em um recipiente com água que recebe calor de uma chama, conforme esquematizado na figura. No interior do tubo A, existe mercúrio (Hg) e, no interior do tubo B, há glicerina, cujos coeficientes de dilatação volumétrica são, respectivamente, γHg = 2 x 10-4 °C-1 e γglic = 5 x 10-4 °C-1. Na temperatura inicial Ti = 20°C, as áreas da base dos tubos A e B são iguais a SIA = SIB =1000 cm² e as alturas das colunas dos líquidos são iguais a 50 cm. Quanto à altura das colunas dos líquidos e áreas SFA e SFB, podemos afirmar que, quando a temperatura final chegar a 220 °C,



a) SFB/SFA = 9 e não existe diferença de altura entre as colunas de líquido.
b) SFB - SFA = 3,2 m² e não existe diferença de altura entre as colunas de líquido.
c) (ΔSB/ΔSA) = 9 e a diferença de altura entre as colunas é de, aproximadamente, 3 cm.
d) SFB/SFA = 9 e a diferença de altura entre as colunas é de, aproximadamente, 3 cm.
e) SFB - SFA = 3,2 m² e a diferença de altura entre as colunas é de, aproximadamente, 1 cm.


3. (UNISC 2007) Na figura que segue, estão representados, na mesma escala, dois flashes instantâneos de duas ondas transversais propagando-se em meios diferentes, mas que foram superpostas na mesma imagem. A onda I possui freqüência f1 e se propaga com velocidade v1 = 360 m/s. Supondo que a freqüência da onda II, f2, seja o triplo da freqüência da onda I e que a velocidade da onda II seja v2, podemos afirmar que



a) f2 = 12,5 Hz e v2 = 72 m/s.
b) f2 = 30 Hz e v2 = 720 m/s.
c) f2 = 0,33 Hz e v2 = 450 m/s.
d) f2 = 90 Hz e v2 = 120 m/s.
e) f2 = 90 Hz e v2 = 450 m/s.


4. (UNISC 2007) Uma pedra é largada de uma certa altura e, quando passa pelo teto de um prédio, sua velocidade é de 2 m/s. No mesmo instante em que ela passa pelo teto do prédio, outra pedra é lançada verticalmente do chão (base do prédio), com uma velocidade de 22 m/s. Afirma-se que, para percorrer a metade da altura do prédio, cada uma gastou o mesmo tempo. Deduz-se, então, que a altura total do prédio é de Obs.: Desprezar o atrito do ar e usar 10 m/s² para a aceleração gravitacional da terra.

a) 22 m
b) 24 m
c) 44 m
d) 46 m
e) 48 m


5. (UNISC 2007) piloto de Fórmula 1 completou as seis primeiras voltas com 120 km/h de velocidade média, as próximas duas voltas, com 160 km/h de velocidade média, as próximas nove, com 180 km/h de velocidade média e as últimas três voltas, com 240 km/h de velocidade média. Nesse caso, a velocidade média em km/h sobre todas as voltas completadas pelo piloto é de

Obs.: Velocidade média é a razão entre a distância total percorrida e o tempo total transcorrido.

a) 120
b) 160
c) 169
d) 175
e) 180


6. (UNISC 2007) A resistência equivalente deste circuito entre os pontos a e b vale 170 Ω. Sabendo que todas as resistências são iguais, deduz-se que cada uma é igual a



a) 40 Ω
b) 4,4 Ω
c) 4 Ω
d) 440 Ω
e) 44 Ω


7. (UNISC 2007) O seguinte circuito é composto de várias resistências, todas iguais a 50 Ω, e de uma força eletromotriz ε = 70 V. Afirma-se que as correntes i1 e i2 que atravessam as resistências R1 e R2, respectivamente, são iguais, a



a) 1 A; 0,4 A.
b) 1 A; 2 A.
c) 2 A; 1 A.
d) 0,1 A; 4 A.
e) 4 A; 1 A.


8. (UNISC 2007) Dois carros (1) e (2) saíram no mesmo instante t = 0 s de suas respectivas posições A e B. Os dois carros andam na mesma linha reta, com velocidades constantes, movimentando-se em direções opostas. O gráfico abaixo representa apenas uma parte das suas posições escalares em função do tempo.
A distância que separa os pontos Ae Bé igual a



a) 850 m
b) 750 m
c) 550 m
d) 450 m
e) 350 m


9. (UNISC 2007) Um objeto O é colocado à esquerda de uma lente convergente (de raios iguais) imersa no ar (índice de refração igual a 1). Se o índice de refração da lente é igual a 2 e a distância que separa o objeto da lente é p = 3r, onde r é o raio de curvatura da lente. A ampliação m fornecida pela lente é igual a



a) - 3
b) + 0,4
c) - 0,2
d) + 2
e) - 3,2


10. (UNISC 2007) Dois blocos em forma de cubo, A e B, com as arestas descritas pela figura, são imersos em um fluido. Após o equilíbrio, o bloco A fica com 2/3 de seu volume submerso, e o bloco B fica com seu volume completamente submerso, como mostra a figura. A razão entre a massa do bloco B e a massa do bloco A é igual a



a) 4
b) 6
c) 8
d) 10
e) 12


11. (UNISC 2007) As variações da temperatura da Terra têm sido bastante comentadas nos meios de comunicação e no meio científico, bem como no cotidiano das pessoas. O conhecimento de termodinâmica é fundamental para a compreensão e para possíveis soluções de problemas advindos do aquecimento global. De acordo com as leis da termodinâmica, é correto afirmar que,

a) aumento de temperatura do sistema provoca diminuição da energia interna do sistema.
b) durante uma expansão isotérmica do sistema, a energia interna do sistema aumenta.
c) se o trabalho é realizado pelo sistema numa transformação adiabática, o sistema perde calor.
d) nas expansões isotérmicas do sistema, há troca de calor e realização de trabalho.
e) numa expansão adiabática do sistema, nunca há realização de trabalho.


12. (UNISC 2007) O sistema representado pela figura encontra-se em equilíbrio estático e podemos desprezar as forças de atrito, as massas das roldanas, a massa da mola e as massas dos fios. Sabendo que a aceleração da gravida- de é igual a 10 m/s² e que a constante de elasticidade da mola A vale 5 N/cm, a deformação sofrida pela mola é igual a



a) zero
b) 2,5 cm
c) 5 cm
d) 7,5 cm
e) 10 cm


Respostas 1. a    2. c    3. e    4. e    5. b    6. d    7. a    8. b    9. c    10. e    11. d    12. a   

Banco de questões de Física
UNISC 12 questões